Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Festas juninas movimentam economia das cidades
Início do conteúdo da página
Especial

Festas juninas movimentam economia das cidades

Para incentivar a manifestação cultural, o Ministério do Turismo investirá R$ 6,2 milhões para a promoção dos festejos pelo Brasil. Esta semana, a Agência de Notícias do Turismo apresenta a série "São João do Brasil", com reportagens sobre a gastronomia, as danças, músicas e brincadeiras que fazem deste um período tão esperado por brasileiros e turistas

  • Publicado: Segunda, 06 de Junho de 2016, 09h43
  • Última atualização em Sexta, 10 de Junho de 2016, 11h00

Por Lívia Nascimento 



Fogueira, bandeirinhas, jogos e guloseimas a base de milho. Sim, finalmente chegou uma das épocas mais aguardadas do ano. As festas de São João são um momento de valorização cultural e resgate de tradições que remetem à origem da celebração trazida ao país pelos portugueses. Mas a festa também tem um importante papel econômico, com geração de empregos e renda nas cidades onde são realizadas. E para potencializar estes ganhos, o Ministério do Turismo investirá cerca de R$ 6,2 milhões para realização dos festejos no país.

“O São João é a festa popular mais celebrada pelos brasileiros depois do Carnaval, com forte impacto nas economias locais. Por isso, estamos trabalhando para fortalecer essa importante manifestação cultural como um produto turístico nacional. Nesse momento de dificuldades, o São João chega não apenas para alegrar, mas, sobretudo, movimentar a economia”, ressaltou o ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves.

A iniciativa dá continuidade ao anúncio feito pelo ministro, em fevereiro deste ano, de transformar o calendário junino em um produto voltado para o turista com o intuito de atrair cada vez mais brasileiros e estrangeiros. Umas das festas apoiadas pela Pasta é o São João de Limoeiro (PE), umas das mais tradicionais do estado que receberá investimento da ordem de R$ 770 mil. Serão cerca de 200 mil visitantes esperados durante os sete dias de festa (19 a 25 de junho).

Umas das festas mais tradicionais do Rio Grande do Norte, o São João do Assú, completa este ano 290 anos de existência. A festa, realiza de 11 a 25 de junho, recebeu o apoio de R$ 195 mil do MTur e promete um cardápio cultural recheado de atrações musicais. São esperados 300 mil turistas para a celebração. Em Itumbiara (GO), o XII Arraia da Cidade também irá movimentar a cidade de 21 a 26 de junho com um público estimado em 300 mil pessoas. Para o São João da Cidade foram investidos R$ 500 mil da Pasta.

CALENDÁRIO - Com o objetivo de ajudar a divulgar os principais eventos turísticos do Brasil, o Calendário Nacional de Eventos Turísticos do Ministério do Turismo é uma importante fonte de informação para auxiliar o planejamento de viagens motivadas por eventos. O conteúdo, constituído integralmente de informações enviadas pelos parceiros, além das secretarias estaduais e municipais de Turismo, continua aberto para contribuições de eventos que acontecerão até o final do ano. Do total de mil eventos cadastrados no Calendário, 54 são festas de São João.

Além de fornecer informações de qualidade úteis ao turista no momento de planejar a viagem, a divulgação dos eventos ajuda a movimentar a economia local com a atração de visitantes. Devem ser cadastrados os eventos com notório conhecimento popular e geradores de fluxo de turistas. Os responsáveis pela inclusão no sistema deverão classificar os eventos por tipo e por categoria, além de observar critérios como relevância cultural e econômica.

Para ter o seu evento disponível no Calendário Nacional de Eventos é necessário preencher o formulário que está disponível na página do Ministério. Todo o conteúdo passará por aprovação e edição de equipe técnica antes de ser divulgado. Saiba mais sobre como preencher o formulário. Acesse o Manual de Preenchimento - Calendário de Eventos (Download - PDF).

 

Ouça áudio / download (mp3) em que o ministro Henrique Eduardo Alves destaca o potencial turístico do São João e a contribuição dos eventos à economia.


registrado em:
Fim do conteúdo da página