Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Milho, o rei da festa
Início do conteúdo da página
Especial

Milho, o rei da festa

Na primeira reportagem da série “São João do Brasil”, apresentamos o ingrediente principal da gastronomia junina

  • Publicado: Segunda, 06 de Junho de 2016, 18h44
  • Última atualização em Quinta, 23 de Junho de 2016, 14h55

Por Pedro Fideles

Comidas típicas das festas de São João. Foto: Lulu Pinheiro
Comidas típicas das festas de São João. Foto: Banco de imagens

Começa a temporada de festas de São João e a grande expectativa dos apreciadores dos festejos gira em torno da gastronomia típica do período. Sendo o mês de junho a época da colheita do milho, grande parte dos doces e salgados relacionados às festividades são feitos deste alimento. O bolo de milho, a canjica, o curau, a pamonha e o cuscuz são alguns dos ícones da gastronomia produzidos com o grão.

“Quando o Ministério do Turismo começou a estudar o que caracteriza um produto turístico de “São João” chegou à conclusão de que as comidas típicas estão entre os elementos mais importantes”, afirma Cristiano Borges, coordenador-geral de Produtos Turísticos do Ministério do Turismo.

O Brasil ocupa a terceira posição no ranking dos países produtores de milho do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. A produção em larga escala do grão no país e a diversidade de aplicação gastronômica estão entre os fatores que tornaram o milho um dos principais ingredientes das comidas típicas produzidas no período das festas juninas.

 

Comidas típicas das festas de São João. Foto: banco de imagens
Comidas típicas das festas de São João. Foto: Lulu Pinheiro

Unido a ingredientes como leite condensado, canela e leite de coco, o milho compõe comidas típicas que são produzidas em diversos estados brasileiros para celebrar as festas em homenagem aos santos juninos, Antônio, Pedro e João. O milho também é consumido assado, cozido e como pipoca nestes eventos.

Estes pratos típicos são oferecidos aos participantes da festa em porções individuais nas tradicionais barracas adornadas com bandeirinhas coloridas, e também são apresentados em porções “gigantes” como na festa junina de Caruaru (PE).

SÃO JOÃO DO BRASIL - Em fevereiro deste ano, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, realizou um evento em Brasília com artistas como Genival Lacerda e Santana o Cantador, onde se comprometeu a buscar recursos para apoiar o evento e transformar o calendário junino em um produto voltado para o turista com o intuito de atrair cada vez mais brasileiros e estrangeiros. Nesta segunda-feira (6), o Ministério do Turismo anunciou o apoio de R$ 5 milhões para vários festejos do país.

Leia Mais:

Festas juninas movimentam economia das cidades
São João movimentará o turismo e a economia brasileira

 

    

Ouça áudio / download (mp3) em que o coordenador Cristiano Borges frisa a importância das festas para a atração de visitantes e o incremento de economias regionais.

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página