Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
CORONAVÍRUS

Ministro do Turismo apresenta ações da Pasta para o setor de shows e eventos

Encontro contou com a presença do locutor Cuiabano Lima e trouxe as ações do MTur para minimizar os impactos no setor

  • Publicado: Sexta, 20 de Março de 2020, 14h56
  • Última atualização em Sexta, 20 de Março de 2020, 17h05

Por Victor Maciel

20_03_ministro4.jpg

Ministro Marcelo Álvaro em reunião com representantes dos promotores de eventos e shows. Crédito: Dênio Simões/MTur

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, se reuniu nesta sexta-feira (20), com representantes dos promotores de eventos e shows, liderado pelo apresentador e locutor de rodeios, Cuiabano Lima. Entre os assuntos tratados no encontro estavam a liberação de créditos, remarcação e cancelamentos de ingressos e situação de contratos trabalhistas. O segmento também sofreu grandes impactos referentes à pandemia de coronavírus.

Em conversa com os produtores, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, apresentou todas as ações que vêm sendo trabalhadas pela Pasta e que impactará em toda a cadeia turística. “Tenham a certeza que estamos aqui trabalhando juntos para minimizar esses impactos, incluindo o setor de vocês. Já conseguimos créditos com os bancos públicos, nota de orientação com o Ministério da Justiça e entregamos ao ministro Paulo Guedes, na presença do presidente, uma Medida Provisória que contempla a questão das remarcações de ingresso”, concluiu.

Nesta quinta-feira (19), Álvaro Antônio entregou proposta de Medida Provisória que estabelece um conjunto de ações para auxiliar o setor a reduzir suas perdas durante o período de pandemia.

Entre as medidas está a autorização da suspensão dos contratos de trabalho firmados pelos prestadores de serviços turísticos, cadastrados no Cadastur, e a não obrigatoriedade de reembolso de valores de artistas já contratados que forem impactados pelo cancelamento de eventos em geral - como shows, festivais, rodeios e espetáculos musicais e de artes cênicas, desde que remarcada sua participação em até 12 meses após o fim deste período.

Para o apresentador e locutor de rodeios Cuiabano Lima, as ações que o Ministério do Turismo vem realizando já dão um otimismo para o setor. “Essa entrega da MP é um feito de alto valor e importância para o segmento neste momento. Isso já garante um pouco nosso pleito”, celebrou.

Edição: Cecília Melo

registrado em:
Fim do conteúdo da página